Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

18/06/2013

Bons exemplos (63) – E se também por cá?

E se a política de remuneração dos administradores tivesse que ser aprovada em AG pelos accionistas e os membros dos conselhos de remuneração se tornassem pessoalmente responsáveis por pagamentos excessivos, fora dessa política de remuneração? Parece uma boa ideia, sobretudo sabendo-se que os membros dos conselhos de remuneração são frequentemente «amigos» da administração «eleitos» em AG por meia dúzia de accionistas.

Não se inquietem as nossas luminárias gestoras que tal afronta não está para breve por cá. Por enquanto é só no Reino Unido.

Sem comentários: