Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

17/10/2017

Pro memoria (359) - Os incêndios são todos iguais mas há uns mais iguais do que outros (I)


Em 2015, na vigência do governo PSD-CDS, tinham ardido até 31 de Julho menos de 30 mil hectares de floresta e houve 2 vítimas, uma das quais bombeiro. BE e PCP produziram indignados comunicados, como os citados acima.

Em 2017, na vigência do governo do PS, coligado na geringonça com BE e PCP, até hoje arderam 225 mil hectares de floresta ou 316 mil hectares segundo a Comissão Europeia, isto é 7 ou 10 vezes mais do que em 2015. Este ano morreram 64 pessoas nos incêndios de Pedrógão e até agora 41 pessoas nos incêndios do fim de semana passado, isto é 50 vezes mais do que em 2015.

Alguém escutou os pedidos de desculpa de socialistas ou os protestos de bloquistas e comunistas? O ruído do silêncio dos outrora indignados BE e PCP é ensurdecedor.

2 comentários:

Lura do Grilo disse...

Uns fdp sem pingo de vergonha

H. Ramos disse...

http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/desresponsabilizacao/incendios-ps-acusa-governo-de-se-tentar-desresponsabilizar