Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

24/08/2017

Mitos (261) – O terrorismo resulta das políticas de direita (2)

Na verdade, o mito completo é: resultam das políticas de direita «o terrorismo, a pobreza, a fome, o desemprego, os baixos salários, a criminalidade, a guerra, a degradação cultural, artística, social e ambiental». Fiquemo-nos, por agora, pelo terrorismo e vejamos mais um exemplo de terroristas indignados com as políticas de direita a acrescentar aos anteriores.

Quem é Adbelbaki Es Satty, o imã da mesquita de Ripoll desde 2015 e principal responsável pela radicalização dos autores dos atentados em Barcelona e Cambrils que causaram 15 mortos? Es Satty é um marroquino com cadastro, detido em 2010 em Ceuta com 12 quilos de haxixe e preso durante quatro anos durante os quais conheceu Rachid Aglif, condenado a 18 anos pelos atentados à bomba em Madrid em 2004 onde morreram 191 pessoas. (fonte BBC)

Mais uma alma perdida atingida por uma epifania que lhes mostrou o caminho para a redenção. É esse o padrão mais comum no terrorismo islâmico. (fonte «Profiles of terrorists» na entrada «Islamic terrorismo» da Wikipedia)

Sem comentários: