Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

01/04/2011

O coronel já foi condecorado. E o amigo? Estão à espera de quê?


O coronel-presidente Hugo Rafael Chávez Frías foi condecorado na Argentina com a medalha da liberdade de imprensa (*), uma merecida honra pelo encerramento de dezenas de estações de rádio e vários canais de TV e a constante interferência na mídia venezuelana. Pergunta óbvia: e o amigo José não merece uma medalha? Sócrates tem um curriculum notável e para sermos justos, tirando o caso da TVI que foi um faux pas, conseguiu um (nem sempre) subtil controlo da mídia sem encerrar nada, apenas com um exército de «abrantes» - para os não iniciados abrantes é cognome da legião de assessores incansáveis que promovem a imagem do Chefe, dia e noite na blogosfera e não só.


(*) Apesar de hoje ser dia das mentiras, a notícia é de ontem.

Sem comentários: