Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

18/01/2017

CROIS LE OU PAS: A Paris, sous l'égide du bouffon en chef

«Israel-Palestine peace talks: Descending into farce 

A gabfest involving diplomats from some 70 countries discussing peace between Israel and Palestine, held in Paris over the weekend, did not include Israel or Palestine. Officials aimed their rhetoric at Donald Trump while calling for an increasingly unlikely two-state solution. Reactions were muted: Israel’s government is distracted by a corruption scandal. The meeting felt less like a conference than a farewell tour of an ageing rock band.»

Foi isto que a Economist escreveu no seu Daily Dispatch a propósito da fantochada parisiense promovida por François Hollande.

Sem comentários: