Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

11/01/2017

CASE STUDY: Trumpologia (6) - Com amigos como o Vladimir, o Donald não precisa de inimigos

Mais trumpologia.

«U.S. intelligence agencies warned Donald Trump about claims Russian operatives held potential blackmail information against him involving alleged “perverted sexual acts” during stays in Moscow and St. Petersburg, according to reports.

It said that during a 2013 trip to the Russian capital, Trump made Russian prostitutes defile a Ritz-Carlton bed where President Obama and First Lady Michelle Obama had stayed on a previous occasion.

It said the incident was captured on surveillance cameras.» (fonte)

Confirmando-se esta notícia, se o ridículo fosse mortal, qualquer um no lugar de Trump estaria politicamente morto. Tratando-se de Trump, é melhor não apostar.

Sem comentários: