Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

09/05/2013

SERVIÇO PÚBLICO: A raiz dos nossos problemas…

… não está naquelas fantasiosas construções que as nossas luminárias criam nas suas prodigiosas meninges pairando higienicamente acima do mundo real. A raiz dos nossos problemas está na nossa cultura, uma forma simplificada para designar o sistema de valores, crenças e costumes destilada ao longo de séculos e que impregna o nosso quotidiano, com ajuda das nossas elites merdosas, sempre a puxarem o lustro à falta de diligência e de iniciativa, ao conformismo, ao culto da mediocridade e aversão à excelência e ao risco, que fazem as nossas misérias.

Quotidiano aqui bem sumarizado pelo «Com jornalismo assim, quem precisa de censura?...». São os polícias a trabalharem 1,5 h por dia, o rácio de professores/aluno a subir, as obras municipais com meia dúzia de olheiros por cada um que trabalha, o n.º de funcionários municipais que cresce nos concelhos em que a população decresce, os 30 cirurgiões de um hospital que não operam.

Enquanto isso, o jornalismo de causas escamoteia e distorce descaradamente a realidade e manipula as mentes.

Sem comentários: