Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

21/05/2013

DEIXAR DE DAR GRAXA PARA MUDAR DE VIDA: Quotidiano de desleixo, incompetência e negligência (3)

Outros quotidianos: (1), (2).

Buraco municipal em curso
Cerca das 8 horas da manhã, à hora em que deveriam começar a trabalhar, uma brigada de funcionários da câmara de Oeiras deve ter-se encontrado na tasca nas proximidades do parque de viaturas para tomar sossegadamente o mata-bicho. Talvez cerca das 9 horas, partiram em direcção à praia de Santo Amaro para aparafusar um chuveiro de praia numa base de betão previamente lá colocada e ligar à canalização que também já lá se encontrava. Coisa pouca que ocuparia com boa vontade 2 operários e um olheiro, transportados numa viatura.

Ocuparia, mas graças à reforma autárquica, eram 5 operários e 3 motoristas em três viaturas que cerca das 9:30 já tinham encontrado o tubo de PVC para fazerem a ligação do chuveiro. Para terem a certeza, deram-lha uma boa pazada, fazendo um furo por onde saíram uns metros cúbicos de água, enquanto todos galhofavam animadamente em volta do buraco. Ao fim de uns minutos, um deles, descansadamente, foi fechar a torneira de segurança. E lá continuaram com todo o ripanço a fazer horas para com antecedência necessária se porem a caminho do almoço, de onde sairão 2 ou 3 horas depois para mais uma nova jornada de luta.

3 comentários:

Anónimo disse...

ahahahaha, coitado do Zé!

Anónimo disse...

o Zé deve ser o unico que recebe salário minimo... os outros estão a comentar o desavergonhado do puto "over it" a responder á milf...

neves

Anónimo disse...

O que é importante são as jornadas de luta. PQP
abraço do eao