Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

18/02/2011

CAMINHO PARA A SERVIDÃO: E as mãozinhas? O parlamento não se preocupa?

Resolução da Assembleia da República n.º 23/2011
Recomenda ao Governo que regule o exercício da profissão de podologista.
A Assembleia da República resolve, nos termos do n.º 5 do artigo 166.º da Constituição, recomendar ao Governo que regule o exercício da profissão de podologista no prazo de seis meses.
Aprovada em 21 de Janeiro de 2011.
O Presidente da Assembleia da República, Jaime Gama


Para quem não saiba, «Podologista ou Podiatra (é) o profissional de saúde devidamente habilitado para o tratamento das patologias do pé».

E as manicuras Santo Deus? O parlamento não quer saber? Pois faz muito mal, porque desde 1992 que o 2.º governo do professor Cavaco se preocupou com «as normas regulamentares de aprendizagem e pré-aprendizagem das profissões» … (de) ... Manicura, pedicura e calista» (Portaria n.º 891/92 de 15 de Setembro). Faz muita falta o professor Cavaco a comandar o governo.

Sem comentários: