Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

03/05/2005

TRIVIALIDADES: os aléns

O além do orçamento
No discurso do 25 de Abril do ano passado, o doutor Jorge Sampaio lembrou o governo, e em particular a obsessiva doutora Manuela, da existência de vida para além do orçamento. Reparo agora, com atraso, como é meu costume, que no discurso do 25 de Abril deste ano o doutor Sampaio partilhou connosco as suas dúvidas sobre a vida no além. Após um ano de meditações, lembrou-se que a revisão do PEC «não pode dar lugar a qualquer laxismo no controlo da despesa pública».

O além-mar
Este entranhado desvelo que cresce dentro de nós por José Mourinho é proporcional ao quadrado da distância que nos separa dele. Se o homem ainda por cá andasse, o país que chora pelos desgraçadinhos e odeia os vencedores, babaria a bílis habitual sobre arrogância, agressividade, etc. Alguém tem dúvidas?

O além disso
O doutor Pinho, a grande esperança para a ressurreição da moribunda economia, parece ter iniciado prematuramente a incontornável navegação à deriva. Tão depressa fecha a API, que tem realizado pela mão do doutor Cadilhe um trabalho decente, como a abre. Tão depressa desmancha a fusão ICEP/IAPMEI, lógica e redutora de redundâncias e de custos, como a mantém. Tão depressa dá choques tecnológicos, como leva choques dos têxteis chineses e faz petições à Comissão Europeia para cerrar fileiras contra o perigo amarelo.

Sem comentários: