Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

12/05/2009

Verdict on the Crash

Perdidas nos mitos da ganância dos banqueiros (como se eles não tivessem sido desde sempre gananciosos, como todos os empresários e, já agora e acima de tudo, os pobres que à falta de dinheiro só pensam nele), da falta de regulação (como se na última década não se tivesse regulamentado mais do que em todos os tempos passados, desde o código de Hamurabi), do castigo divino pelos pecados do neo-liberalismo (como se houvesse um só governo à superfície da terra que merecesse tal adjectivação, desde os tempos de Lady Thatcher), é natural que as mentes que ainda guardam alguma lucidez fiquem excitadas com isto.


Correi a fazer o download.

Sem comentários: