Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

28/05/2009

AVALIAÇÃO CONTÍNUA: com a verdade me enganas

Secção Assaults of thoughts

Durante o jantar anual da associação dos correspondentes na Casa Branca, no passado dia 9, Barack Obama vestiu o fato de Seinfeld e fez um espectáculo de stand up comedy muito aplaudido. De todas as piadas que disse acerca do pessoal da Casa Branca e dele próprio, há uma que no (Im)pertinências devemos relevar especialmente, compensando a longa série de posts (na última contagem já ia em 30) que o Pertinente tem dedicado a zurzir o Grande Comunicador.

Mostrando uma auto-ironia algo surpreendente Obama saiu-se com esta pérola:

«During the second 100 days, we will design, build and open a library dedicated to my first 100 days

É justo atribuir-lhe 2 afonsos, supondo que se trata de auto-ironia mesmo. À cautela, leva também 2 chateaubriands não vá o homem ter-se deixado levar pelo seu avantajado ego.

Sem comentários: