Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

17/06/2004

BLOGARIDADES: 16 de Junho. Doomsday?

O Bloomsday parece ter-se transformado no Doomsday da Bloguilha.

Ele é O Comprometido Espectador que anuncia o encerramento por incompatibilidade com o sustento da família (percebo-o perfeitamente). Ele é o Abrupto que confirma as nossas suspeitas, passa-se para a UNESCO (parabéns) e nos entretem prometendo vagamente produção «sempre que tenha oportunidade».
Valha-nos o Aviz que faz agora um ano (parabéns) e parece resistir.
A lista impertinente nunca foi grande. Por isso a taxa de mortalidade é elevadissima: Cataláxia, Merde in France, O Comprometido Espectador, O Meu Pipi, Procuro marido, para só citar as baixas que me lembro.

Será enguiço?

Sem comentários: