Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

24/01/2022

Crónica da asfixia da sociedade civil pela Passarola de Costa (121) - A Passarola Afundada (XIII)

Avarias da geringonça e do país seguidas de asfixias

A mentira é o contrário da verdade e a mentira estúpida é o contrário da mentira inteligente

A mentira do Dr. Costa sobre as empresas falidas do antigo accionista da TAP de David Neeleman, o que segundo ele teria justificado a nacionalização da TAP, foi tão inútil e estúpida que até a imprensa amiga se viu em palpos-de-aranha para lhe limpar a folha. Como se fosse pouco, o Dr. Costa ainda teve arrogância para responder «era o que faltava» ao pedido de desculpa que Neeleman que lhe exigiu.

«Em defesa do SNS, sempre»

A semana passada foi a vez de chegar ao Hospital de Beja a epidemia de demissão dos chefes das urgências. Enquanto isso terminou na terça-feira passada a PPP do Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, apesar do Tribunal de Contas ter concluído em Março do ano passado que «a gestão dos hospitais privados foi “genericamente mais eficiente” do que a média dos hospitais públicos, com custos operacionais por doente mais baixos e padrões de qualidade mais altos». (Económico)

É mais um exemplo da lei das consequências imprevistas típica das políticas socialistas - a pretexto de defenderem o SNS criam mais oportunidades de negócios para os malvados privados.

Para um socialista o que importa não é a separação de poderes é o poder

Foi recordado algures que a Dr. Van Dunem, quando já ministra da Justiça foi nomeada para o Supremo Tribunal de Justiça e trocou o chapéu de ministra pela toga para tomar posse em 2016.

A novela da «Empresa Financeiramente Apoiada Continuamente (pelo) Estado Central» continua por mais uma temporada

Decorrido um ano e meio de nacionalização, a EFACEC tem mais 200 milhões de dívidas e facturou em 2021 menos de metade do que facturara no ano anterior. O governo acabou de a meter debaixo do tapete para evitar ser tema da campanha eleitoral, adiando por mais um semestre e acrescentando mais umas dezenas de milhões.

O algodão não engana. O Dr. Pedro Nuno Santos é um verdadeiro socialista

O Dr. Pedro Nuno Santos, comprou em Julho de 2020 a sucata da Renfe com amianto, declarando que Portugal (isto é, ele próprio) «pode ensinar a outros Estados estrangeiros e também a alguns privados como fazer bons negócios». Um ano e meio depois, foram recuperadas nas oficinas da CP 3 das 50 carruagens que aguardam certificação. A este ritmo não é certo que estejam todas recuperadas antes do Dr. Pedro Nuno se reformar.

Take Another Plan

Até o Dr. Costa foi ao Açores viajando na Ryanair, reconhecendo que também nos voos para as Regiões Autónomas (um dos álibis para manter o bezerro de ouro da TAP) os preços da TAP são mais ou mesmo muito mais caros.

«Pagar a dívida é ideia de criança». Ainda não é o mafarrico, mas já se sente o cheiro das brasas

O endividamento total da economia voltou a subir para 777 mil milhões o valor mais alto de sempre.

Negócios

Entretanto, num mês os yields das obrigações de tesouro portuguesas a 10 anos aumentaram de 0,27% para 0,6% e os yields das obrigações alemãs voltaram a ser positivos depois de 3 anos negativos.

“Mudam-se os tempos, mantêm-se os desafios”

Em várias entrevistas a propósito do lançamento do seu livro com o título acima, que parece uma piada involuntária ao facto dos governos PS continuarem a criar os mesmos problemas que já tinham criado no passado, o Dr. Teixeira dos Santos, antigo ministro das Finanças do governo do animal feroz, vem dizendo várias coisas tão aparentemente insólitas ditas por um governante socialista que só podem ser interpretadas como manifestações de arrependimento tardio, como a de que seriam precisos mais de 290 anos para igualar produtividade da zona euro.

As políticas socialistas fazem do mercado de capitais um zombie

O PSI20, o índice da bolsa da valores de Lisboa, que com a saída de 6 empresas há três anos passou a ter apenas 18 empresas cotadas, está em vias de ter apenas 15 com a possível saída da Pharol, Ramada e Novabase. Se é certo que o mercado de capitais português nunca teve profundidade nem grande dinamismo, as políticas socialistas inimigas da iniciativa privada estão a transformá-lo num zombie.

No Estado Sucial não há conflito de interesse. Há interesses em conflito

Uma auditoria da Inspeção-Geral de Finanças estima que em 2019 o governo do Dr. Costa pagou mais de 3 mil milhões de subvenções públicas em que a avaliação da sua utilização não foi feita e os eventuais conflitos de interesse não foram analisados.

Sem comentários: