Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

30/05/2018

Pro memoria (378) - O maior empregador recebe a maior empregadora

Merkel nos tempos da troika
Liebste Angela
«Depois do Estado, empresas alemãs são as que mais empregam em Portugal.

São cerca de 400 empresas, geram um volume de negócios na ordem dos 10 mil milhões de euros e dão um forte impulso às exportações. Juntas, e a seguir ao Estado, são as que geram mais emprego no país.» (Observador)

«Costa e Merkel juntos em Lisboa para discutirem reforma da UEM e novo quadro financeiro europeu» (Expresso)

2 comentários:

Anónimo disse...

o C, pode aproveitar e mandar o seu PNSantos morder as canelas aos banqueiros alemães que devem ter vindo na comitiva...sempre se poupava em deslocações...
Neves

Unknown disse...

Uns "merdia" que mais não são que a voz do dono.
Corruptos, medularmente corruptos.