Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

07/05/2018

A queda em desgraça do animal feroz é agora oficial

Não, não será por causa de ter sido abandonado pelos seus antigos aliados e amigos Costa, César, Santos Silva, Galamba et alia. Esses abandonam qualquer um para salvar a cabeça.

É mais por ter sido abandonado por duas mulheres da vida dele. A primeira - a pluma caprichosa Clara Ferreira Alves, a quem Soares encomendou a entrevista do «chefe democrático que a direita sempre quis ter» - já o tinha abandonado faz algum tempo.

A segunda, a sua antiga namorada Fernanda Câncio, com quem partilhou as amenidades proporcionadas pelos «empréstimos» do amigo, defendeu-o durante anos contra tudo e contra todos. Acaba de o abandonar com o artigo de opinião «A tragédia de Sócrates» onde o classifica como «alguém com uma tal ausência de noção do bem e do mal, que instrumentalizou os melhores sentimentos dos seus próximos e dos seus camaradas e fez da mentira forma de vida».

Pensando melhor, não tenho a certeza que o móbil dessas duas ex-admiradoras não tenha sido também salvar a cabeça ou, ao menos, o que resta da credibilidade. Receio que quanto à credibilidade tenham chegado tarde.

4 comentários:

Anónimo disse...

Em português namoro é uma situação social que prevê um casamento.
Nas restantes relações entre homem e mulher (solteiros ou casados) usa-se a palavra amante.
No brasil, para os homens, há a palavra 'ficante': o que fica durante a noite.
Cumprimentos

Unknown disse...

Prostipegas ( galambas incluídos ) , hormonas (galambas incluídos ), saldos bancários e um reles pilha-galinhas - receita para o desastre.
Aguarda-se o destino dos outros (muitos) assaltantes da capoeira...
Mera curiosidade : em relação à momentosa telenovela o badameco ali a Belém já disse das suas (dele)?...

João José Horta Nobre disse...

O que está em causa em todo este escândalo criminoso que rodeia José Sócrates é a própria Terceira República como regime político. Pior ainda do que isto, trata-se da falência do próprio conceito maçónico da República como modelo político sustentável. É preciso não esquecer também que José Sócrates não elaborou todos os seus esquemas de enriquecimento ilícito sozinho, bem pelo contrário, houve muita gente do actual regime que lhe prestou auxílio e o defendeu (quem não se lembra do falecido e moralmente falido "pai da democracia", sua excelência Mário Soares, aos gritos em defesa de José Sócrates às portas da prisão de Évora?...) mesmo quando já era claro que o homem não passava de um vigarista de baixo estofo.

Mais aqui:

http://historiamaximus.blogspot.pt/2017/10/uma-tragedia-para-portugal-haver-gente.html

Bilder disse...

Curiosamente o dito "pai da democracia" teve como último "grande trabalho"(não sei se maçónico ou não)em conjunto com outros(quem se lembra de um almoço,reportado em certa imprensa) correr com o Tozé Seguro(que disse de forma clara que a politica estava nas mãos de sociedades secretas) e meter o Costa.