Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

14/11/2017

Exemplos do costume (53) - Dá sempre jeito ter uma negaça de reserva

Tancos, colapso da Protecção Civil administrada pelos boys amigos de Costa na resposta aos incêndios (110 mortos), SIRESP contratado por Costa, SNS a colapsar, trafulhice nas filas de espera das cirurgias, legionella (5 mortos), cativações e engenharia orçamental, geringonça a desequilibrar-se só com duas pernas, greves, comunistas a acabarem a «paz social», comédia do Panteão Nacional...

Que tal se desenterrar o caso Tecnoforma? Dezenas de referências nos mídia nos últimos 7 dias.

ne·ga·ça 
(espanhol añagaza)
substantivo feminino
1. [Ornitologia Ave artificial que atrai as que andam voando. = CHAMARIZRECLAMO
2. [Figurado]  O que serve para atrair ou chamar a atenção. = ATRACTIVOCHAMARIZENGODO
3. Artifício para atrair com engano. = LOGRO
4. Negação ou recusa.

"negaça", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha]

1 comentário:

Anónimo disse...

Muito bem. É uma negaça.
Os autores são uns trafulhas, mas palermas. Nem para a trafulhicem têm saber.