Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

11/11/2017

CONDIÇÃO FEMININA / CONDIÇÃO MASCULINA: Os estereótipos são todos iguais, mas há uns melhores do que outros (2)

Continuação daqui.


O engenheiro de software James Damore trabalhava para a Google antes de resolver escrever um memo de 10 páginas onde tentou mostrar a diversidade biológica entre homens e mulheres, como ele próprio resume no vídeo acima.

A Google despediu Damore e Sundar Pichai, o CEO da Google, explicou que foi por «promover estereótipos prejudiciais de género no nosso local de trabalho». O que escreveu Pichai não é menos preconceituoso ao considerar que os estereótipos da Google são indiscutíveis, ao contrário dos pontos de vista de Damore que são estereótipos.

Sem comentários: