Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

17/07/2017

Manifestações de paranóia/esquizofrenia (21) - Não é uma anomalia, são duas anomalias: a homossexualidade e a paranóia

Homossexualidade: «uma anomalia, um desvio de personalidade», considerou Gentil Martins em entrevista ao Expresso.

Frequência da homossexualidade: uma percentagem variável segundo os inquéritos, os métodos, os países e as épocas, na maioria dos casos inferior a 5%.

Anomalia: «O que se desvia da norma, da generalidade»; «desvio do tipo normal; anormalidade».

«Estas declarações violam a deontologia médica e têm consequências negativas, graves, gravíssimas, se passam como "se nada fosse"» escreveu a deputada socialista e militante politicamente correcta Isabel Moreira, pegando fogo na pradaria das indignações.

Paranóia: «ocorrência de pensamentos delirantes, geralmente persecutórios, que levam o paciente a adoptar uma atitude de permanente desconfiança em relação aos que o rodeiam.»

Sem comentários: