Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

07/07/2017

De boas intenções está o inferno cheio (48) – A religião é a política por outros meios? (XX)

Outros posts sobre a religião como a política por outros meios.

Se estivesse no lugar do Papa Francisco (vade retro) em vez de, ou pelo menos antes de, reformar o mundo e ajudar a construir o socialismo, que como se sabe não correu bem no passado (União Soviética, Europa de Leste, China, etc.), nem corre bem no presente (Cuba, Venezuela, etc.), tentaria reformar a Curia Romana, obra que não estava a ser nada fácil.


A polícia do Vaticano interrompeu uma orgia gay, com drogas, no apartamento do secretário de um cardeal que é um dos conselheiros do Papa. Aconteceu no mês passado, mas só agora foi tornado público.

Não estava e não está a ser nada fácil. No entanto, aos olhos de um agnóstico, desinfectar a Curia Romana parece-me essencial para credibilizar o programa evangélico porque o credo quia absurdum est só esta a resultar com os populistas.

2 comentários:

Anónimo disse...

(...) no apartamento do secretário de um cardeal (...)

Cada um dá o tom que quer. Começou nos pintores. Agora qualquer badameco...

Informem quem é o dito secretário — curriculo, profissão, actividades passadas. Honestidade!
Até podia ser o vosso secretário.

Abraço

Anónimo disse...

Desde as crises de asna recorrentes, tendes andado de cavalo para jerico.

Abraço