Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

07/02/2016

TIROU-ME AS PALAVRAS DA BOCA: «Intelectual escorregadio»

«Não aprecio particularmente Marcelo Rebelo de Sousa nem do ponto de vista intelectual nem político. Pessoalmente é encantador. Representa um tipo de académico muito português para quem a forma é tudo, desde que articulada com brilhantismo, mesmo quando despida de conteúdo. Um intelectual escorregadio que dificilmente vai contra a corrente. Um político que, como Henrique Neto acusou, faz parte do grupo daqueles que ao longo de anos, do PDS ao PS, conduziu o País onde está

José Ferreira Machado no SOL

Entre as muitas ocasiões em que o catavento MRS se nos revelou como «intelectual escorregadio» recordo esta e termino com o mesmo lema que que terminei então:  os cidadãos deste país não devem ter memória curta e deixar branquear as responsabilidades destas elites merdosas que nos têm desgovernado e pretendem ressuscitar purificadas das suas asneiras, incompetências e cobardias.

Sem comentários: