Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

04/02/2016

Mitos (220) – Os chineses só investem em países endividados (3)

Outros mitos da mesma família: (1) e (2)

Relembrando o mito: os chineses só investem em países endividados, aproveitando os saldos e com o propósito de controlarem essas economias vulneráveis. É um mito cultivado pela esquerdalhada doméstica em geral (que, como se sabe, cultiva 99% dos mitos inventariados), pelo PS (enquanto está na oposição) e até por alguns empresários que não gostam dos chineses (por exemplo Soares dos Santos).

Continuando as aquisições chinesas na Europa, a China National Chemical Corp, uma empresa do Estado chinês, gerida por membros do Partido Comunista, anunciou a compra por USD 43 mil milhões de uma participação dominante na Syngenta, uma empresa suíça de sementes e pesticidas. Ironicamente, a Syngenta recusou várias vezes propostas da Monsanto, uma empresa americana e a maior do mundo nesta área, em parte por recear a não aprovação pelas autoridades suíças da concorrência.

Sem comentários: