Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

10/02/2016

ACREDITE SE QUISER: Os pensadores da Mouse School of Economics ainda podem ganhar um Nobel (2)

O primeiro episódio desta série foi dedicado a Joseph Stiglitz. Antes que me acusem de abandalhamento por dedicar o segundo episódio ao pensamento de João Galamba, outro emérito membro da Mouse School of Economics, lembro o aforismo popular: quem não tem cão, caça com gato, a que acrescento, quem não tem gato, caça com rato.

Vem isto a propósito das declarações indignadas de João Galamba – para quem não saiba, o porta-voz do PS que «frequentou um doutoramento em Filosofia Política na London School of Economics» -, que passo a citar:
«Temos assistido, nos últimos dias, por parte de PSD e CDS, a uma campanha de intoxicação da opinião pública e de tentativa de transformar o orçamento numa coisa que não é. Têm dito que penaliza fortemente as famílias. Ainda hoje, o PSD disse que é o orçamento do 'toma lá dá cá'. É de facto, toma lá 1.400 milhões de euros e dá cá apenas 290 milhões». 
Infelizmente, o quase Doutor Galamba não explica por que diacho o PS não multiplicou o toma lá e em vez de 1.400 milhões não nos ofereceu 14 mil milhões em troca de um dá cá apenas 2,9 mil milhões.

Sem comentários: