Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

26/10/2009

O governo do Equador adopta a medicina prescrita pelo bastonário dos economistas portugueses

«O Governo português jamais permitirá que a Galp Energia seja controlada por interesses estrangeiros e, se a italiana ENI quiser assumir o controlo, não o conseguirá», garantiu o bastonário dos economistas presidente do Conselho de Administração da Galp.

«O Governo do Equador rejeitou a proposta da Cimpor para comprar uma fábrica no país … (que) será adquirida pelo Ministério das Indústrias, o qual irá vender até 49% das acções da empresa a comunidades indígenas e a trabalhadores.»

Irá o governo brasileiro seguir os conselhos do presidente da Galp e retirar a Vivo do controlo da PT ou impedir a Galp de ser parceira da Petrobras no pré-sal?

Sem comentários: