Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

22/01/2006

DIÁRIO DE BORDO: por falar nisso

Agora que fecharam as urnas, fui assaltado por uma dúvida dilacerante. Se é verdade, como historicamente tem sido, que os portugueses só aceitam mudar de vida em estado de desespero, em vez de votar no sapo dos paliativos, deveria ter votado no sapo mais apto para ajudar a apressar a chegada ao estado de desespero?

Sem comentários: