Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

21/01/2006

DIÁRIO DE BORDO: engolir o sapo

Está prometido. Amanhã vou lá engolir o sapo. Mas, façam-me o favor de não me contarem mais fábulas. São todos sapos, variedades da mesma espécie de adoradores do estado napoleónico-estalinista.

E não me contem também mais estórias, porque nem a falecida lady Di, se (um grande SE) beijasse este sapo, o transformaria numa criatura vagamente parecida com um liberal.

Sem comentários: