Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

30/09/2014

DIÁRIO DE BORDO: Mais outro partido socialista na forja

Após uma sucessão de iniciativas (registadas nesta série de posts) reveladoras de uma enorme falta de princípios, Marinho e Pinto assina a Declaração de Princípios do novo Partido Democrático Republicano (PDR), um nome evocando, não talvez por acaso, a baderna da I República.

A Declaração de Princípios poderia, sem esforço, ser adoptada por quase todos os partidos socialistas das várias tendências desde o CDS até BE, passando pelo PSD, PS, Livre e vários outros grupúsculos que pululam na terra de ninguém dos equívocos, com a possível excepção do PCP que ainda está na fase das Conquistas de Abril.

Com a gente envolvida na formação do PDR, a começar pelo Dr. Marinho e Pinto, não lhe auguro um futuro para além das próximas legislativas onde, vaticino, o seu putativo eleitorado será sugado pelo «novo» PS de António Costa.

Sem comentários: