Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

29/09/2014

Lost in translation (211) – Uma contradição nos termos

«Seremos a oposição que este Governo merece e a alternativa que Portugal precisa» disse António Costa no discurso de entronização, com o seu estilo discursivo habitual de uma no cravo e outra na ferradura, sem se aperceber que, por tudo o que tem dito acerca deste governo, ser a oposição que «este governo merece» só poderá significar uma oposição pífia incapaz de vir a ser «a alternativa que Portugal precisa».

1 comentário:

Anónimo disse...

Como é vossa marca, está aí a Verdade. Nem precisamos de alternativas.
É por-mo-nos a trabalhar e acabar com subsídios.
Abraços