Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

27/08/2012

O ruído do silêncio da gente honrada no PS é ensurdecedor (63) - o que é hoje verdade pode ser mentira amanhã

Em Março de 2010 o ministro das Finanças Teixeira dos Santos do governo PS admitiu no parlamento a privatização da RTP dependendo de «um desequilíbrio financeiro significativo que recomenda primeiro a estabilização». (DN, citado pelo Insurgente).

Em Agosto de 2012 o secretário-geral do PS António José Seguro quis «ser muito claro: quando o PS for Governo voltará a existir um serviço público». (negócios online)

Como disse há muito anos um conhecido filósofo da bola, o que é hoje verdade pode ser mentira amanhã.

Um dia como os outros no serviço público de televisão

1 comentário:

Unknown disse...

Oiço ilustres comentadores da praça alarmados com o fim do "serviço púlico" e não sei o que me provoca maior estranheza: se afinal figuras como João Baião, Fernando "preço certo" Mendes, etc., terem aí um filão de admiradores, ou; se a rtp1 que vejo ha anos tratar-se, afinal, de uma rtp pirateada por um hacker pimba...