Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

20/08/2005

DIÁRIO DE BORDO: o estresse nos humanos e nas plantas

Tenho uma amiga que defende e pratica uma filosofia de protecção incondicional da sua prole. Aos nossos filhos não devemos exigir-lhes, não devem cansar-se, bla bla, não precisam de estudar muito, bla bla, coitadinhos, bem basta a vida um dia, bla bla, se tiver que ser, bla bla, mas só se eu não puder evitar, bla bla.

Há poucos dias, vi no seu pequeno jardim várias árvores com uma pedra ou um tijolo pendurado. Explicou-me que o estresse as fazia revigorar.

A melhor aluna da turma (*)
(*) Phyllantus niruri, também conhecida por arrebenta-pedra, dissolve cálculos renais e promove a desobstrução do ureter.

Sem comentários: