Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

29/04/2018

O ruído do silêncio da gente honrada no PS é ensurdecedor (171) - Abafado pelo ruído do nepotismo

«Não acho que seja reprovável uma pessoa viver com dinheiro emprestado de outra. Não é por isso que as coisas estão erradas, mas penso que as pessoas só se deviam pronunciar quando os casos estivessem julgados.»
Arons de Carvalho, fundador, ex-deputado do PS, secretário de Estado de Guterres e mandatário nacional da candidatura de António Costa ao cargo de secretário-geral, em entrevista ao jornal i.

1 comentário:

Anónimo disse...

"Não acho que seja reprovável uma pessoa viver com dinheiro emprestado de outra..."

Excepto se for de outro partido... ;)