Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

13/04/2018

ACREDITE SE QUISER: Para os cépticos que pensavam que Guterres não faria diferença nenhuma na ONU

«Despite accusations that it perpetrated yet another deadly chemical weapons attack on Saturday, Syria will next month chair the United Nations disarmament forum that produced the treaty banning chemical weapons, sparking calls by an independent monitoring group for the U.S., the EU, and UN chief Antonio Guterres to strongly protest, and for their ambassadors to walk out of the conference during the four weeks of the Syrian presidency. »

UN Watch

Como escreveu O Insurgente, ter a Síria a presidir ao fórum de desarmamento das NU sobre armas nucleares e químicas, é como ter pedófilos na creche, sob o olhar desaprovador do director Guterres, acrescento.

1 comentário:

Ricardo Amaral disse...

Não importa,o pântano global(da O-nu)é muito "melhor" que o nacional e paga melhor(é fazer as contas).