Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

30/08/2010

LA DONNA E UN ANIMALE STRAVAGANTE / CONDIÇÃO MASCULINA: A megera, o palerma e o show cripto-politicamente-correcto

Não me recordo onde li recentemente a estória da mulher que durante o show da tia Oprah confessou ao marido também presente que tinha torrado umas centenas de milhar de dólares e por isso o crédito hipotecário da casa de ambos tinha sido executado e estariam condenados a viver ao ar livre. Enquanto o show prosseguia, a reacção do pobre marido foi evoluindo de surpresa para indignação, de indignação para dúvida, chegando rapidamente, com a preciosa ajuda da tia Oprah, à auto-culpabilização e ao arrependimento. Acabou a pedir desculpa por não amar suficientemente a megera e prometendo que tudo iria mudar.
[Na imagem, um homem-grávido é apalpado pela tia Oprah]

Sem comentários: