Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

07/08/2010

A atracção fatal entre a banca do regime e o poder (6) – todos os azimutes

Não terá sido por acaso ou distracção que Ricardo Salgado garantiu recentemente que o «BES é um banco de todos os regimes». Poderia mesmo ter acrescentado, parafraseando o general de Gaulle, «em todos os azimutes». Como por exemplo em Angola onde tem como sócios no BESA la crème de la crème da nomenclatura do MPLA: o general Kopelipa e os seus lugares-tenentes que compraram a posição do general Dino e de Manuel Vicente da Sonangol e o grupo Geni de Isabel dos Santos, filha do presidente.

Sem comentários: