Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

07/08/2011

DIÁRIO DE BORDO: So far not so good (9) – Regresso ao passado?

Para quem anunciou querer romper com a engenharia orçamental do socratismo, a alteração à Lei do Enquadramento Orçamental aprovada na passada 4.ª Feira pela AR colide com tais declarações de intenção.

Com essa alteração o governo passará a poder transferir receita da Segurança Social em excesso das despesas para formalmente aumentar despesas de investimento no âmbito do PIDDAC e, pela porta do cavalo, usar essas receitas como segunda dotação orçamental, ganhando espaço de manobra para aumentar despesas de funcionamento sem um orçamento rectificativo aprovado pelo parlamento.

É também surpreendentemente diletante a resposta do ministro das Finanças à crítica de Honório Novo: «Tenho o maior gosto em reconhecer que a questão, tal como a levantou, é mais precisa do que a minha versão».

Sem comentários: