Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

25/08/2011

CASE STUDY: Um minotauro espera a PT no labirinto da Oi (4)

[Outras esperas do minotauro: (1), (2) e (3)]

Como se sabe, a compra da participação da PT no Oi, com os dinheiros da venda da Vivo, deveria ter sido um grande negócio. Afinal estiverem envolvidos José Sócrates, Lula da Silva, para já não falar dos banqueiros do regime e de vários génios da gestão doméstica.

Infelizmente, como é habitual, os factos raramente se conformam com os cenários mediáticos construídos para vender ideias aos inocentes. É também o caso da venda da Vivo (uma excelente oportunidade para os banqueiros do regime mitigarem a secura de capitais) e da subsequente compra da participação na Oi que perde mercado há 4 meses consecutivos contra uma Vivo, imparável a crescer.

Sem comentários: