Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

22/11/2019

COMO VÃO DESCALÇAR A BOTA (30) - Agora, que o santo está de saída, anunciam-se milagres

Outras botas para descalçar


«As projeções do governo para o investimento público indicam que no próximo ano é que é. De acordo com a avaliação da Comissão Europeia ao esboço de Orçamento do Estado para 2020 (OE 2020), que o Ministério das Finanças enviou para Bruxelas em meados de outubro, Portugal vai ter o maior aumento da zona euro no valor do investimento público no ano que vem (16,2%) e o segundo maior da Europa, ficando apenas atrás do desempenho da Roménia

O truque é sempre o mesmo: (1) todos os anos anuncia-se um aumento do investimento orçamentado em comparação com o ano anterior; (2) depois, como o investimento executado é inferior, compara-se com o investimento executado no ano precedente que também tinha sido fraquito.

Diário de Notícias
Feitas as contas, depois de todos os anúncios, o investimento em 2020 é o terceiro mais baixo da Zona Euro.

O santo está de saída? perguntareis. Pois parece que sim, é o que diz a comentadoria doméstica, o que, só por si, mereceria pouco crédito não fosse ser cada vez mais notório que, seguindo naturalmente as instruções da central de manipulação, o jornalismo de causas está a desinvestir na imagem de Centeno deixando passar as más notícias e esforçando-se menos por inflacionar as boas novas.

Sem comentários: