Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

16/09/2020

Dupont e Dupond, a mesma luta



3 comentários:

Unknown disse...

Desfaçatez e ausência total do sentido de dignidade.
Gente reles.

Anónimo disse...

Caro

Sou daqueles que não quer imparcialidade, melhor dito, não quero imparcialidade imposta por códigos de conduta ou legais.

Acho que estas manifestações de afinidade, serão mas castradoras de favorecimentos desiguais no futuro.

Até acho que é digno destes politicos, o que me gera uma dissonancia congitiva, porque não os considero dignos....

Mais, isto devia se aplicar as jornalistas de causas (como lhes chama, e bem gosto da definição)

Cada jornalista por bem da dignidade profissional não deveriam nunca proferir a palavra imparcialidade. Pois não há jornalistas imparciais [nem à direita nem à esquerda, nem na conisse do centro]

Anónimo disse...

Duas inteligências a quererem fazer dos outro parvos.... já não lhes chegam os funcionários