Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

13/11/2012

O ruído do silêncio da gente honrada no PS é ensurdecedor (64) – Deverão pedir desculpa, só não sabem a quem

Depois de meses a bramar contra desvalorização fiscal através da redução da TSU, António José Seguro viu os seus argumentos completamente desautorizados por son ami Hollande (lembram-se de Soares e de son ami Mitterrand?). É o que resulta do anúncio do governo francês que decidiu aumentar o IVA para compensar a redução da «contribution sociale généralisée», isto é a TSU francesa das empresas, uma medida de carácter «imoral e indigno» segundo seguro.

Espera-se a todo o momento um pedido formal de desculpas do Partido Socialista ao governo francês e… ao governo português.

1 comentário:

Anónimo disse...

Por cá: 33 mil patrões roubam Taxa Social Única de recibos verdes.
http://www.jn.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=2882539