Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

23/07/2010

Lost in translation (56) – Consolidação orçamental? Derrapagem orçamental, queriam eles dizer

Segundo o ministro das Finanças anunciou em devido tempo, a consolidação orçamental iria fazer-se fifty-fifty à custa da redução da despesa e do aumento dos impostos. Segundo os dados da DGO, a execução orçamental no 1.º semestre mostra um aumento da despesa total de 4,3% e de 5,1% das despesas correntes. O aumento das receitas fiscais foi de 6%, o que nem assim evitou o agravamento do défice em 6,3% para 7,8 mil milhões de euros. Por este andar, o défice pode ficar próximo dos 10%. Para se cumprir o PEC será preciso usar todos os recursos de engenharia orçamental e elevar a batota ao nível da excelência.

Sem comentários: