Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

29/11/2021

Crónica da asfixia da sociedade civil pela Passarola de Costa (113) - A Passarola Afundada (V)

Avarias da geringonça e do país seguidas de asfixias

Os amanhãs que cantam do Dr. Costa

O resultado das eleições de sábado do PSD é uma demonstração que o Dr. Costa não brinca em serviço quando está em causa a sua cabeça. Apostou todas as fichas, colocou a máquina mediática ao serviço da continuidade do Dr. Rio e ganhou. Tem agora a garantia que, mesmo sem uma maioria provavelmente fora do seu alcance, desembaraçado dos restos do naufrágio da geringonça, terá condições para navegar à bolina do PS-D no novo mandato e desembarcar a tempo das eleições presidenciais de 2026. Melhor é impossível.

Mais uma factura atrasada da geringonça

O desmantelamento da PPP do Hospital de Braga, por razões ideológicas para pacificar o berloquismo do BE, o pedronunismo do PS e os encalhados do PCP, traduziu-se num agravamento de 60 milhões (39%) dos custos e provavelmente terá como consequência uma redução da qualidade dos serviços.

«Em defesa do SNS, sempre»

Como habitualmente, mais demissões nos hospitais. Desta foram os chefes da urgência cirúrgica do Hospital de Santa Maria. Desde o fim da proibição de saída do SNS em Maio, despediram-se mais de 400 médicos.

Confrontada com o colapso, a ministra do SNS chuta para o lado e insinua que o problema está na falta de «resiliência» dos profissionais, o que até poderá ser um dos problemas, mas não certamente o principal. Perante a revolta corporativa, picada por S. Ex.ª, que não perde uma oportunidade para garantir que os portugueses são os melhores dos melhores, a ministra pediu desculpa duas vezes.

Take Another Plan

Em resposta aos voos da TAP para a Madeira que custam em média uns mil euros, a Ryanair oferece 350 mil lugares em 10 rotas para a Madeira em 2022, empurrando a TAP para o terceiro lugar na região atrás das duas low cost.

Temos assim a garantia de continuidade dos prejuízos da TAP, que até Setembro atingiram 628 milhões, e de que o Dr. Pedro Nuno continuará a extorquir-nos injecções de fundos à pala da sua candidatura a cacique do PS.

O Big Brother apoderou-se do Banco de Portugal

A partir de 1 de Março todos os empréstimos contratualizados de qualquer montante e envolvendo quaisquer entidades, particulares (incluindo entre familiares) ou empresas, terão de ser comunicados ao BdP que criará uma base de dados. O pretexto: «prevenção e combate à atividade financeira não autorizada e proteção dos consumidores».

O Estado sucial como máquina de extorsão

As receitas das administrações públicas aumentaram 7,3% até Outubro, com a receita fiscal a crescer 4,7% e as contribuições para a Segurança Social a subirem 6,8%

O Estado sucial é um caloteiro

Em Outubro os pagamentos em atraso das entidades públicas atingiram 785,3 milhões de euros registando um aumento homólogo de 108,9 milhões de euros e significando que o governo adiciona à extorsão pelos impostos a retenção dos créditos.

Os amanhãs do Dr. Costa podem cantar, os do Portugal dos Pequeninos choram

A produtividade portuguesa que há 20 anos era a décima mais baixa da UE e vinte anos depois é a sétima mais baixa, é uma das quatro da UE que continuará em 2022 abaixo de 2019. O que não impediu que o governo aumentasse o salário mínimo, aumento que dá votos, ao contrário do aumento de produtividade que exige medidas que a curto prazo até podem fazer perder votos.

Leva mais tempo apanhar um primeiro-ministro mentiroso do que alcançar um coxo

No princípio do Verão, depois de vários escândalos, incluindo o dos 200km/h do seu amigo Dr. Cabrita, o Dr. Costa questionado sobre a remodelação jurou que não estava prevista nenhuma e voltou a fazê-lo no final do Verão. Veio agora a saber-se, por distração da Dr.ª Van Dunem, que em entrevista ao Público disse que «era suposto que houvesse uma remodelação a seguir» à presidência europeia.

Choque da realidade com a Boa Nova

Depois de dois anos de anúncios e promessas de habitação acessível, em concorrência com o Dr. Medina, o Dr. Pedro Nuno Santos, viu o Tribunal de Contas no seu relatório Reação ao impacto adverso da pandemia no setor da habitação concluir que os seus planos foram um desastre e que só usou um sexto da verba orçamentada (não certamente por falta de vontade sua, mas pelas cativações do Dr. Leão).

De volta ao velho normal

O endividamento das famílias continuou a crescer, desta vez 3,1% em Setembro ao ritmo mais elevado desde Março de 2009 e em Outubro os empréstimos para habitação cresceram 4,4% em termos homólogos.

1 comentário:

Bilder disse...

https://grandefantochada.blogspot.com/2021/11/a-pantomina-ainda-nao-acabou.html com link para post Omicrom comicrom