Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

25/02/2021

Como atrasar irremediavelmente o plano de vacinação? Resposta: um dia de cada vez (7)

Média diária desde o início da vacinação em 27-12-202070% da população vacinada no final de Setembro foi o objectivo definido pela ministra

Primeiro foi a Dr.ª Graça a anunciar no dia 13 que iriam ser administradas 100 mil vacinas por dia no segundo trimestre do ano. Segunda-feira o Sr. Almirante garantiu a mesma coisa e ontem quarta-feira corrigiu o tiro e disse no parlamento que haveria capacidade para administrar 70 mil e o objectivo seriam 100 mil.

Se me é permitido, imploraria ao Senhor Almirante que calçasse as botas da tropa e descalçasse os sapatinhos da  Drª Temida e da Dr.ª Graça guardando de Conrado o prudente silêncio, o mais possível, enquanto empurra as milícias de apparatchiks do SNS para injectarem @s velhinh@s. E se peço que calce as botas, não para pontapear as milícias, mas porque as botas dão mais tracção.

2 comentários:

Anónimo disse...

Sabe, nozes aqui ainda entendemos a mensagem:

"A imunidade de grupo está adiada" Os jornalistas não percebem a mensagem...

Porque aleija o governo, e o maestro destas mortes que é o Marcelo...

Sim o Marcelo por volta de 08/07/2020 veio às TV's dizer que não eram necessárias.

Depois vimos os hospitais a não receber doentes.

Anónimo disse...

não eram necessárias. (as reuniões do imfarmed)