Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

12/06/2017

O presidente do Brasil pediu para ser recebido? Outra vez a vichyssoise?

«"Houve um pedido do senhor Presidente da República Federativa do Brasil, supondo que podia estar em São Paulo amanhã [domingo] de manhã, e pediu para ser recebido", informou o Presidente, acrescentando que depois "surgiu um problema no programa do senhor Presidente da República Federativa e, pedindo muita desculpa, disse que não estava com disponibilidade de horário para poder aparecer"». (o jornal i titulou «Marcelo e Costa levaram ‘tampa’ de Temer»)

«O cancelamento do encontro "não foi recente", afirmou ainda. "Já sabíamos que não era possível, com muita pena nossa". "Os portugueses estão mal habituados", a "um Presidente da República e a um primeiro-ministro que, por virtude da situação estável (...) do país, têm uma disponibilidade constante que não é habitual noutros Estados"». (acrescentou o Negócios)

Porque será que este episódio me evocou uma visita ao Brasil em 2010 do engenheiro Pinóquio, cujos assessores inventaram ter Chico Buarque pedido ao presidente Lula para interceder junto dele Sócrates para lhe conceder a honra de o convidar a ele Chico?

3 comentários:

Vladek disse...

Que ridículos! Uma falta de noção que chega a roçar a patologia. Será que o Martelo está bom da cabeça?

Anónimo disse...

Cabeça de martelo só para dar porrada em pregos.

Vladek disse...

O pior é que o Martelo tenha virado o bico ao prego...