Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

23/06/2017

DIÁRIO DE BORDO: Senhor, concedei-nos a graça de não termos outros cinco anos de TV Marcelo (38) - 50 anos depois a mesma treta

Outras preces.


Excerto de «Marcelo 2017, Salazar 1967», Henrique Raposo no Expresso Diário

3 comentários:

Bilder disse...

E tudo isto(a nova calamidade originada dia 17)no mesmo distrito onde há pouco mais de um mês se deu o "centenário" das aparições/visões(ou alucinações?)com muito "beija-mão",com o inquilino de Belem à cabeça(e muitos meios de Estado inclusive a tal antena móvel do siresp que deu o "berro")e inclusive a presença de muitos membros(des)governativos que se dizem ateus/agnósticos.

Unknown disse...

"Da Vileza como uma das Belas Artes".

Unknown disse...

Gente reles, tão reles que raia o inacreditável.
E um povo abúlico, anestesiado e tratado como gado pela prostituição comunicacional.
E que o aceita...