Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

12/02/2014

Chávez & Chávez, Sucessores e Kirchner & Kirchner – A maldição dos recursos naturais e o socialismo fantástico

Adiadas pelo boom da procura e dos preços das matérias-primas - petróleo, no caso da Venezuela e soja no caso da Argentina – e escondidas pelas manobras intervencionistas e de manipulação das estatísticas dos respectivos governos, aproximam-se em ambos os casos, mais uma vez, crises cambiais. O Brasil poderá juntar-se-lhes brevemente.

«The party is over - Latin America’s weakest economies
are reaching breaking-point», Economist
Houve o socialismo real nos países da Cortina de Ferro, com os resultados conhecidos, e o realismo socialista na arte. Há o socialismo fantástico, com os resultados que se vão conhecendo, numa América Latina que cultivou na literatura o realismo fantástico ou realismo mágico.

Sem comentários: