Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

21/03/2018

Notícia é o jornalista morder o cão, o que, sendo raro, acontece

«Mulher morre depois de ter sido atropelada por carro autónomo da Uber»

Que me lembre, esta é a segunda morte causada por um veículo autónomo, neste caso de um peão que atravessava a rua fora da passadeira. A primeira morte foi resultante de uma colisão com um camião em circunstâncias de contra-luz que o computador do carro não interpretou correctamente.

Estas duas mortes depois de vários anos e de milhões de km percorridos por veículo autónomos comparam com as mais de 100 mortes por dia nos Estados Unidos em acidentes com veículos convencionais.

1 comentário:

Ze Muacho disse...

Não esperava esta desonestidade da sua parte!

Quantos carros em condução autónoma há por 1.000 habitantes?