Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

12/03/2018

ESTADO DE SÍTIO: Não há vida para além do Estado Sucial

Jornal de Negócios

2 comentários:

Ricardo disse...

E hoje a malta do ferroviário.Os utentes pagadores/contribuintes é que estão sempre à espera de serviços decentes e prestados em tempo útil,por exemplo sei de alguém que pediu o serviço ao domicilio(por estar a pessoa incapaz de se deslocar)para a renovação do cartão cidadão e a resposta que obteve há poucos dias foi que estão a atender as pessoas que pediram o serviço em novembro 2017(?).É assim o "socialismo" anti-troika"?'(assim parece)

Anónimo disse...

O grande erro do PSD/CDS foi terem ido para o Governo em 2011: deixavam os Xuxas roer os ossos e ficar com o ónus de todos os seus erros. Hoje, não teríamos estas reivindicações.
Infelizmente, acho que isto só vai ao lugar com a falência efectiva do Estado - o nosso Sector Público anda a tomar banho sem calções desde o 25A e há sempre alguém, no momento certo, que lhe cobre as partes pudibundas com uma toalha...