Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

09/02/2006

DIÁRIO DE BORDO: ide lá no dia 11, caramba!

Já que tive (e tenho) que pagar para o Centro Cóltural de Belém, é justo que também tenha que pagar para a pirâmide musical da avenida da Boavista.

Afinal, um e outra, têm muito de comum. Ambos são bons exemplo do que os adoradores do estado napoleónico-estalinista não chamam, mas deveriam chamar, o multiplicador do investimento - a gente aprova o orçamento da coisa por x e, no final, a coisa custa n vezes x.

Ide lá, pois, dar algum valor ao dinheiro que me custa a pirâmide e ouvir no dia 11 aquele rapaz talentoso de que já aqui falei. Enquanto não houver o TGV até às Devezas, delego em vós. Para açular o vosso apetite, ó cambada, tomem um cheirinho de «Day is done».

Sem comentários: