Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

14/11/2004

TRIVIALIDADES: O Picareta Falante está de volta.

Afinal as notícias sobre a agonia do engenheiro Guterres pela política nacional desde que terminou o seu consolado são grandemente exageradas. Ele voltou. O chefe do pior governo desde dona Maria II, de acordo com o seu falecido ministro das Finanças, voltou igual a si próprio: um grossista de sound bites.
E voltou porquê? Segundo comentadores geralmente bem informados, para preparar a sua candidatura ao lugar mais apetecido por qualquer político português em trânsito para a reforma. Mas o Impertinências tem outra tese: o Picareta Falante voltou porque o seu título de chefe do pior governo desde dona Maria II está ameaçado por outro grande grossista de sound bites: o doutor Lopes, himself.

Sem comentários: