Our Self: Um blogue desalinhado, desconforme, herético e heterodoxo. Em suma, fora do baralho e (im)pertinente.
Lema: A verdade é como o azeite, precisa de um pouco de vinagre.
Pensamento em curso: «Em Portugal, a liberdade é muito difícil, sobretudo porque não temos liberais. Temos libertinos, demagogos ou ultramontanos de todas as cores, mas pessoas que compreendam a dimensão profunda da liberdade já reparei que há muito poucas.» (António Alçada Baptista, em carta a Marcelo Caetano)

10/09/2006

DIÁLOGOS DE PLUTÃO: assim não dá!

- Ó chavala, vamo lá dar uma cambalhota?
- Prontes, atão vamo. Põe lá a borrachinha?
- Tás doida ó galdéria?
- Adelino, Adelino! Tu não ouviste o stôr lá do centro? Tu não ouviste os gajos do Bloco a explicar que a borrachinha era tão importante como a seringa?
- Eles falam, falam. E tu sabes quanto sobrou depois de pagar os 2 chutos à Maluca?
- ?
- Cem méreis! E sabes quanto custa uma embalage de camisas?
- Sei lá, mano.
- Quinhentos paus! Tás a ver? Olha se não fosse eu tratar das finanças. Estavas feita, ó minha.
- Voltando à cambolhota, coméque a gente faz?
- Lá terá que ser sexo não seguro.
- O Sócrates é mesmo um mau ministro. Anda preocupado com o crescimento, com investimento estrangeiro, com a inflação.
- Que se lixe a economia: a malta já nem tem para dar umas quecas.
Preço dos preservativos em Portugal pode condicionar prática do sexo seguro» no Público e comentário do mano mentoche, que está longe de pátria)

Sem comentários: